O fim da Rádio Bradesco Esportes FM | #OALANBRADO

O fim da Rádio Bradesco Esportes FM

A Rádio Bradesco Esportes FM não existe mais. Criada a partir da parceria entre Grupo Bel, Banco Bradesco e o Grupo Bandeirantes de Comunicação em 2012 visando os Jogos Olímpicos Rio 2016, a emissora encerra suas atividades no melhor momento de sua curta história. Audiência cativa, boas revelações jornalísticas, momentos importantes e uma grade consolidada não foram suficientes para o banco continuar investindo na emissora.



O impacto gerado pelo fim dessa rádio é grande. A Bradesco Esportes FM conseguiu trazer para o dial uma nova maneira de se fazer jornalismo esportivo, com linguagem jovem e próxima do ouvinte. O Brasil, que ainda precisa desenvolver o gosto popular as demais modalidades, perde sua única rádio 100℅ esportiva de alcance nacional.



Até mesmo dentro do Grupo Bandeirantes (e suas muitas estações de rádio com os mais variados segmentos: música sertaneja, de trânsito, de jornalismo, etc.), a Esportes FM se destacou e foi um grande marco, que seguiu um modelo de negócio de sucesso que já é desenvolvido na Europa e nos Estados Unidos. Se na Copa do Mundo 2014 todo o grupo se juntou na maior rede de rádios do Brasil (a Rede Verde-Amarela), a Bradesco foi destaque na cobertura própria dos Jogos Olímpicos, graças ao investimento do banco que detém o naming rights. A cobertura foi premiada com o troféu APCA, um dos mais importantes do país.



Ainda, muitos jovens se identificaram com a rádio. E é curioso isso. A Bradesco Esportes era usada como uma "rádio B" dentro do Grupo Bandeirantes. Enquanto que a Rádio Bandeirantes, carro-chefe do grupo, perde seu rumo, ficando atrás na concorrência do segmento noticioso e perdendo grandes profissionais nos últimos anos, a Bradesco descobriu novos talentos e criou uma grade que soube mesclar experiência e juventude. Como, por exemplo, José Luís Datena, que conseguiu fazer um programa bem agradável nas manhãs da rádio. O "Nossa Área" foi um programa muito divertido, que trouxe informações, zoeira e resenhas sobre o mundo futebolístico.



A Bradesco Esportes FM foi muito além do futebol. Além das transmissões regionais, foi possível acompanhar pela rádio torneios de futebol na Europa e outras diversas modalidades esportivas - como Rugby e futebol americano. A Rádio do Seu Esporte, foi o slogan da emissora.



É importante observar que, no seu início, foi uma das poucas que fez o começo da Libertadores 2012. Em meio a um imbróglio envolvendo a recém-estreada Fox Sports Brasil com as operadoras de TV paga, muitos torcedores não tiveram a chance de acompanhar as partidas. A Bradesco FM foi uma das opções.



Fica nossa torcida para que os profissionais consigam se reposicionar no mercado. A Rádio Bradesco Esportes FM fará muita falta. E, apesar do pouco tempo, já faz parte da história do rádio esportivo no Brasil.

Canal no YouTube discute polêmicas futebolísticas nem tão vazias

0 comentários:

Postar um comentário